Brasileiros Tenham Fé

28 de junho de 2017 | _

Na noite desta 3ª feira (27.jun), a frase “Brasileiros tenham fé” foi projetada com luzes nas torres do Congresso Nacional. O ato partiu de um grupo de cerca de 20 pessoas que se reuniu em “vigília pelo Brasil”. As informações são do G1.

Líder de Temer no senado Renan lasca um discurso de oposição a reforma

| _
de Renan Calheiros, sobre a Reforma Trabalhista:

– é uma reforma que revoga direitos do trabalhador e foi ditada exclusivamente pelo sistema financeiro. – um presidente denunciado por corrupção não tem moral para aprovar uma reforma desse tipo. – o governo tem de aprender a dialogar com a sociedade.

Discurso destruidor do líder do partido de Temer no senado, pelo menos era líder naquele momento.



O fim se aproxima

| _
 de Carlos Zarantini

- Chegou o fim do governo ilegítimo. A única saída que resta agora a Michel Temer (PMDB) é a renúncia. Se não renunciar, caberá à Câmara dos Deputados aprovar o seu afastamento do cargo. 

Senado vota Reforma Trabalhista hoje

| _
O Senado deve hoje entrar na última etapa de votação da Reforma Trabalhista antes da votação no plenário do mesmo, previsto para semana que vem, fase final do projeto que vai retirar vários direitos trabalhistas.

A reforma, que já passou pelas comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e de Assuntos Sociais (CAS), o qual foi rejeitada, segue para sua última fase antes da votação final no plenário do Senado, com data a ser definida pelo presidente da casa Eunício Oliveira. Neste, todos os pareceres servirão para balizar as discussões. Para ser aprovado definitivamente o projeto precisará de maioria simples, ou seja, metade dos senadores presentes mais um voto.

Para contemplar o anseio de Temer e dos grandes empresários para que a proposta seja aprovada logo e não tenha que voltar para análise pela Câmara dos Deputados, os senadores não podem fazer nenhuma mudança de mérito no texto. Para acelerar a tramitação nas duas comissões em que relatou a matéria, o senador Ferraço se posicionou pela aprovação do projeto assim como foi votado pelos deputados e rejeitou todas as emendas apresentadas pelos senadores.

Por falta de provas Vacari tem liberdade

| _
O juiz Sérgio Moro prendeu preventivamente o Tesoureiro Vaccari em Abril de 2015. Depois o condenou a 15 anos e 4 meses de prisão.

Apos 2 anos e 2 meses preso, o Tribunal considerou que a condenação se deu sem nenhuma prova, baseada única e exclusivamente nas delações.

Vaccari absorvido.

Todos sabem ou deveriam saber que delação não pode ser usada como prova, serve para iniciar a investigação.

O delator, em regra, mente, omite, protege e, o pior, se o delator for pego mentindo, terá direito ao recall, que é a oportunidade de “consertar” o que mentiu, o que omitiu, sem perder os benefícios.

O recall é o maior incentivo à corrupção da História.

Em nota à imprensa a Polícia Federal informa suspensão de confecção de novos passaportes

27 de junho de 2017 | _
Brasília/DF – Sobre o serviço de passaportes, a Polícia Federal informa que está suspensa a confecção de novas cadernetas de passaportes solicitadas a partir de hoje, 27/06, às 22 horas.

A medida decorre da insuficiência do orçamento destinado às atividades de controle migratório e emissão de documentos de viagem.

O agendamento online do serviço e o atendimento nos postos da PF continuarão funcionando normalmente. No entanto, não há previsão para entrega do passaporte solicitado, enquanto não for normalizada a situação orçamentária.

Usuários atendidos nos postos de emissão até o dia 27/06 receberão seus passaportes normalmente.

A Polícia Federal acompanha atentamente a situação junto ao Governo Federal para o restabelecimento completo do serviço.

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal
Contato: (61) 2024-8142

Temer diz que jamais recebeu valores e que deus lhe colocou ali

| _
No encerramento de seu discurso vazio, o presidente Temer faz uma referência ao amigo, companheiro e cúmplice, Eduardo Cunha preso na Operação Lava Jato, veja a frase do Temer:
“Não sei como deus me colocou aqui".
Inocente! 

Companhia de Serviços Urbanos de Natal atende pedido do blog e limpa ruas do Planalto

| _
A prefeitura do Natal através da empresa Urbana - Companhia de Serviços Urbanos de Natal, deu inicio a limpeza das ruas do bairro Planalto, atendendo uma solicitação do blog é Francisco Gomes.

Agradecemos a presteza do presidente da Urbana na pessoa do Sr. Claudio Porpino, em atender o pedido feito pelo blog é Francisco Gomes

Depois de tomar ciência de como estavam as ruas do bairro Planalto através do blog é Francisco Gomes, o presidente da Urbana entrou em contato com o blog e pôs o senhor Rubens, Diretor de Operações do órgão para nos acompanhar pelas ruas do bairro, onde mostramos in loco a critica situação em que estavam vivendo os moradores dessa localidade. Várias ruas servindo de depósitos frequentes de lixo e entulho para carroceiros e até moradores. Em muitos quarterões notava-se mato com mais de metro de altura e esquinas abarrotadas de lixo.

Sensível ao problema, Cláudio Porpino determinou o imediato envio de uma equipe de trabalhadores com duas caçambas e uma roçadeira para solucionar o problema.

Rubens agradeceu a intervenção do blog junto ao órgão e se colocou a disposição sempre que acionado, com base na agenda devido o número de trabalhadores e máquinas a disposição da Urbana.

Por fim, tudo está indo bem! As ruas estão ficando limpas e a população agradece a colaboração de todos. 

A prefeitura dará continuidade a limpeza das ruas nesta quarta-feira (28), e se mostra empenhada em prestar o melhor serviço dentro das condições atuais para reduzir o tempo de atendimento. 

Aproveitamos para pedir aos moradores do bairro que colaborem e não descartem lixo de forma irregular. Vamos acondicionar o lixo até que os carros de coleta passem nas ruas.

ANTES

DEPOIS
                           
 Parte da Equipe de Limpeza     

                                        ANTES                                                           DEPOIS

MPRN requer início imediato do cumprimento da pena do deputado Dison Lisboa

| _
Pedido foi feito ao Juízo local de Goianinha, que possui atribuições para as formalidades necessárias à execução; Representante ministerial requer também comunicação de inelegibilidade aos órgãos eleitorais para providências quanto ao que dispõe a Lei da Ficha Limpa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por intermédio da Promotoria de Justiça de Goianinha, requereu ao Juízo de Direito da Vara Única daquela comarca que promova de imediato as providências necessárias para o início da execução provisória da pena imposta ao deputado estadual Rudson Raimundo Honório Lisboa, condenado a pena de cinco anos de reclusão, por apropriar-se de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio.

A petição foi protocolada no curso da ação penal nº 0000305-80.2009.8.20.0116, na qual o deputado estadual Dison Lisboa foi condenado a cinco anos de reclusão, para cumprimento inicialmente no regime semiaberto, por fatos imputados à época em que foi prefeito do município.

O representante ministerial em Goianinha requer que o Juízo local, indeferindo suspensão pleiteada pela defesa, promova o início da execução da pena imposta ao parlamentar, bem como comunique aos órgãos da Justiça Eleitoral competentes sobre acórdão condenatório do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte que declarou a inelegibilidade do réu.

O MPRN, não encontrando nos autos a comprovação da devida comunicação, requereu o envio de cópia do acórdão condenatório para a Procuradoria Regional Eleitoral e o Tribunal Regional Eleitoral para as providências também no tocante ao que dispõe a Lei da Ficha Limpa.

O Ministério Público Estadual reiterou que o deputado Dison Lisboa foi condenado a pena de cinco anos por crimes de responsabilidade, condenação esta confirmada pelo TJRN, depois tentou sem sucesso a redução da pena e o Superior Tribunal de Justiça (STJ) determinou o envio dos autos ao Tribunal de origem para providências quanto ao início da execução. Contra a decisão do STJ, o deputado impetrou habeas corpus perante o Supremo Tribunal Federal (STF) requerendo liminar para suspensão dos efeitos da decisão, o que foi indeferido.

O entendimento do STF é sobre a possibilidade de execução provisória de acórdão penal condenatório proferido em grau de apelação, mesmo que sujeito a recurso especial ou recurso extraordinário.

O TJRN, em despacho do desembargador Glauber Rêgo, remeteu os autos do processo ao Juízo local de Goianinha, confirmando ser na instância de origem que deve ser expedida a guia de execução penal provisória e observadas as formalidades necessárias a execução provisória da pena. O desembargador deixa claro que o Juízo local deve dar cumprimento a decisão do STJ.

O MPRN alerta, ainda, que pedido de suspensão do início da execução juntado aos autos pela defesa do deputado se cuida de tentativa de burla a decisão do STF, que negou suspensão da execução provisória determinada pelo STJ.

“Utilizou-se o réu de joguete jurídico visando impedir a atuação desta magistrada no cumprimento de decisão de Tribunal Superior, misturando institutos jurídicos diversos, ao fim de que este juízo se encontrasse impossibilitado de dar início à execução provisória da pena”, traz a petição do MPRN.

Portal do PMRN

Temer insinua que Janot recebeu dinheiro

| _
O Globo -- Um dia após ser denunciado por corrupção passiva pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, o presidente Michel Temer disse nesta terça-feira, em pronunciamento no Palácio do Planalto, que a denúncia é uma "ficção" e que Janot "reinventou o Código Penal" ao incluir a "denúncia por ilação". Temer afirmou que, do ponto de vista jurídico, sua preocupação é "mínima", mas que precisava se explicar no campo político.

Numa fala crítica ao procurador geral, Temer, apesar de dizer que não seria irresponsável e não faria ilações, colocou sob suspeita um ex-procurador próximo a Janot, Marcelo Miller, que atuou no acordo de delação da JBS. Ele afirmou que Miller, já na iniciativa privada, ganhou milhões e insinuou que o dinheiro pode não ter ido unicamente para o ex-procurador, mas também a Rodrigo Janot.

Prefeitura de Macau não atende recomendação do MP e segue com nepotismo

| _
O blog de Robson Pires, noticia -- As prefeituras como Tangará e Major Sales foram notificadas pelo MPRN para exonerar os parentes dos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e demais gestores do município.

Pois fique sabendo Robson... no município de Macau o MP já recomendou ao prefeito ainda no mês de fevereiro que exonerasse parentes seus.

Na "Capital do Sal" o prefeito Tulio Lemos distribuiu emprego a todos os desempregados da família, assim como, de aliados. "Tubiba ou Mimoso" nome carinhoso que o chamam, nem deu bolas para a promotoria seguindo com o nepotismo na prefeitura de Macau.

Prefeitura atende bombardeio e dá inicio a "mutirão" na limpeza pública

| _

Após bombardeio de internautas prefeitura de Macau começa com serviços de limpezas das ruas. Segundo release da prefeitura garis seguem até o sábado, 1º de julho com um "mutirão" de limpeza que vai contemplar todos os bairros da cidade.

Pela situação de sujeira que se encontra a cidade e os distritos, tomara que haja mais de um caminhão e mais de três homens, se não os coitados não aguentarão a retumba e o caminhão então... Que siga o mutirão.

Janot denuncia Temer por corrupção passiva

| _
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou nesta segunda-feira 26, ao Supremo Tribunal Federal (STF), a aguardada denúncia contra o presidente da República, Michel Temer (PMDB), por corrupção passiva. Na base da acusação estão as delações premiadas de Joesley Batista, dono da JBS, e Ricardo Saud, ex-diretor de Relações Institucionais da companhia.

A denúncia contra Temer só poderá ser aceita pelo STF com o aval da Câmara.

Sem direção

| _

A situação de desorientação do presidente Temer, se dar a partir de seus pés. De acordo com a foto de Ueslei Marcelino, da Reuters, Michel não sabe ao menos a direção que tomar está desorientado.

"Não se subestime a possibilidade de renúncia de Michel Temer, não como um gesto de grandeza, que ele positivamente não tem. Pode ocorrer por pequenez, algo em que Michel Temer é um gigante", Fernando Brito.

Avião com 500 kg de cocaína decolou da fazenda de Blairo Maggi , ministro de Temer

26 de junho de 2017 | _
Brasil 247 -- O avião bimotor interceptado pela Força Aérea Brasileira (FAB) nesta quinta-feira (25), carregado com mais de 500 quilos de cocaína, no interior de Goiás, decolou da Fazenda Itamarati Norte, no município de Campo Novo do Parecis (MT) com destino a Santo Antonio Leverger (MT). A fazenda está arrendada ao Grupo Amaggi, de propriedade do ministro da Agricultura e senador licenciado, Blairo Maggi (PP).

O bimotor foi interceptado por um caça A-29 Super Tucano da FAB no âmbito da Operação Ostium, desenvolvida de forma conjunta com a Polícia Federal, visando coibir crimes nas fronteiras do país. A fazenda ocupa uma parrea total de 200,4 mil hectares e divididos em 19 unidades própria da Amaggi e outros 51,9 mil hectares arrendados do grupo Itamarati, pertencente ao empresário Olacyr de Moraes.

O bimotor somente pousou em uma área rural após o caça da FAB disparar um tiro de advertência após o piloto se recusar a cumprir uma ordem de pouso em um aeródromo próximo. O avião pousou em na zona rural do município de Jussara, interior de Goiás. O piloto fugiu do local e até o momento não foi localizado. A droga apreendida no interior da aeronave será encaminhada para a sede da Polícia Federal em Goiânia.

e acordo com o sistema de registro da Aeronáutica, o proprietário do avião chama-se Jeison Moreira Souza.

'Nada nos destruirá', diz Temer ao afirmar que Brasil está na rota de superação

| _
Em cerimônia no Planalto, presidente afirmou ainda que seguirá com agenda de modernização e não tem um 'plano B'.

Temer acusa Janot de buscar votos para denúncia

| _
Blog da Andréia Sadi -- O presidente Michel Temer acusa, em conversa com aliados, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de buscar votos para a autorização de sua denúncia na Câmara dos Deputados ao propor a distinção de caixa dois do crime de corrupção.

A avaliação de Temer, segundo o Blog apurou, é que a separação dos crimes seria uma sinalização de Janot aos parlamentares que estão na mira da Lava Jato para que eles deem votos a favor da denúncia, que deve ser apresentada até amanhã.

Temer elegeu Janot como seu principal adversário desde a delação da JBS. A ministros e assessores, Temer acusa o procurador-geral de exercer uma função política e diz que, se sobreviver à denúncia, vai lançar uma ofensiva contra o procurador - mesmo após a saída dele do comando do Ministério Público, em setembro.

O presidente também critica a estratégia do Ministério Público de estudar fatiar a denúncia.

Pressa

Na Câmara, como mostrou o Blog na semana passada, o clima é de incerteza. A estratégia de Temer é acelerar o processo, atropelando prazos.

Ele não quer, por exemplo, usar todas as sessões a que tem direito para apresentar sua defesa no plenário da Câmara.

Após o oferecimento de denúncia pelo Ministério Público, o presidente do STF envia à Câmara uma solicitação para a instauração do processo. Cabe ao presidente da Câmara receber o pedido, notificar o acusado e despachar o documento para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa.

A partir da notificação, a defesa de Temer terá até dez sessões do plenário da Câmara para enviar seus argumentos, se quiser.

Temer quer encurtar os prazos, para liquidar a votação em julho da denúncia.

No entanto, parlamentares aliados aguardam o conteúdo da peça de Janot e não garantem apoio a depender do teor da denúncia.

Moro condena Palocci a 12 anos de prisão

| _
Do G1 -- O juiz federal Sérgio Moro – responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância – condenou o ex-ministro Antonio Palocci a 12 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

A sentença é desta segunda-feira (26).

O ex-ministro foi preso na 35ª fase da operação, batizada de Omertà e deflagrada no dia 26 de setembro de 2016. Atualmente, está detido no Paraná.

Branislav Kontic, ex-assessor de Palocci, foi absolvido dos crimes a ele imputados – corrupção e lavagem de dinheiro – por falta de prova suficiente de autoria ou participação, de acordo com o juiz.

O ex-executivo da Odebrecht também foi absolvido pela mesma razão. Ele respondia por corrupção.

FHC publica carta apelando ao "bom senso" de Temer pedindo sua renúncia e eleições diretas

| _
O ex-presidente tucano publicou carta no jornal Folha de S. Paulo dessa segunda, 26, intitulada "Apelo ao Bom Senso". Nela, diz que "Qualquer tentativa de emenda para interromper um mandato externa à decisão presidencial soará como um golpe" e pede a Temer " que medite sobre a oportunidade de um gesto dessa grandeza, com o qual ganhará a anuência da sociedade para conduzir a reforma política e presidir as novas eleições", referindo-se à sua renúncia.

Segue Carta de FHC:
As dificuldades políticas pelas quais passamos têm claros efeitos sobre a conjuntura econômica e vêm se agravando a cada dia. Precisamos resolvê-las respeitando dois pontos fundamentais: a Constituição e o bem-estar do povo.

Mormente agora, com 14 milhões de desempregados no país, urge restabelecer a confiança entre os brasileiros para que o crescimento econômico seja retomado.

A confiança e a legalidade devem ser nossos marcos. A sociedade desconfia do Estado, e o povo descrê do poder e dos poderosos. Estes tiveram a confiabilidade destruída porque a Operação Lava Jato e outros processos desnudaram os laços entre corrupção e vitórias eleitorais, bem como mostraram o enriquecimento pessoal de políticos.

Não se deve nem se pode passar uma borracha nos fatos para apagá-los da memória das pessoas e livrar os responsáveis por eles da devida penalização.

A Justiça ganha preeminência: há de ser feita sem vinganças, mas também sem leniência com os interesses políticos. Que se coíbam os excessos quando os houver, vindos de quem venham –de funcionários, de políticos, de promotores ou de juízes. Mas não se tolha a Justiça.

Disse reiteradas vezes que o governo de Michel Temer (PMDB) atravessaria uma pinguela, como o de Itamar Franco (1992-1994).

Colaborei ativamente com o governo Itamar, apoiei o atual. Ambos com pouco tempo para resolver grandes questões pendentes de natureza diferente: num caso, o desafio central era a inflação; agora é a retomada do crescimento, que necessita das reformas congressuais.

Nunca neguei os avanços obtidos pela administração Temer no Congresso Nacional ao aprovar algumas delas, nem deixo de gabar seus méritos nos avanços em setores econômicos. Não me posiciono, portanto, ao lado dos que atacam o atual governo para desgastá-lo.

Não obstante, o apoio da sociedade e o consentimento popular ao governo se diluem em função das questões morais justa ou injustamente levantadas nas investigações e difundidas pela mídia convencional e social.

É certo que a crítica ao governo envolve todo tipo de interesse. Nela se juntam a propensão ao escândalo por parte da mídia, a pós-verdade das redes de internet, os interesses corporativos fortíssimos contra as reformas e a sanha purificadora de alguns setores do Ministério Público.

Com isso, o dia a dia do governo se tornou difícil. Os governantes dedicam um esforço enorme para apagar incêndios e ainda precisam assegurar a maioria congressual, nem sempre conseguida, para aprovar as medidas necessárias à retomada do crescimento.

Em síntese: o horizonte político está toldado, e o governo, ainda que se mantenha, terá enorme dificuldade para fazer o necessário em benefício do povo.

Coloca-se a questão agônica do que fazer.

Diferentemente de outras crises que vivemos, nesta não existe um "lado de lá" pronto para assumir o governo federal, com um programa apoiado por grupos de poder na sociedade.

Mais ainda, como o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) declarou que as eleições de 2014 não mostraram "abusos de poder econômico" (!) [em julgamento encerrado no dia 9 de junho, não há como questionar legalmente o mando presidencial e fazer a sucessão por eleições indiretas.

Ainda que a decisão tivesse sido a oposta, com que legitimidade alguém governaria tendo seu poder emanado de um Congresso que também está em causa?

É certo que o STF (Supremo Tribunal Federal) pode decidir contra o acórdão do TSE, coisa pouco provável. Em qualquer caso, permaneceria a dúvida sobre a legitimidade, não a legalidade, do sucessor.

Resta no arsenal jurídico e constitucional a eventual demanda do procurador-geral da República pedindo a suspensão do mandato presidencial por até seis meses [a iniciativa precisa ser aprovada por dois terços dos deputados] para que se julgue se houve crime de improbidade ou de obstrução de Justiça.

Seriam meses caóticos até chegar-se à absolvição [pelos ministros do STF] –caso em que a volta de um presidente alquebrado pouco poderia fazer para dirigir o país- ou a novas eleições. Só que estas se dariam no quadro partidário atual, com muitas lideranças judicialmente questionadas.

Nem assim, portanto, as incertezas diminuiriam –nem tampouco a descrença popular.

O imbróglio é grande.

Neste quadro, o presidente Michel Temer tem a responsabilidade e talvez a possibilidade de oferecer ao país um caminho mais venturoso, antes que o atual centro político esteja exaurido, deixando as forças que apoiam as reformas esmagadas entre dois extremos, à esquerda e à direita.

Bloqueados os meios constitucionais para a mudança de governo e aumentando a descrença popular, só o presidente tem legitimidade para reduzir o próprio mandato, propondo, por si ou por seus líderes, uma proposta de emenda à Constituição que abra espaço para as modificações em causa.

Qualquer tentativa de emenda para interromper um mandato externa à decisão presidencial soará como um golpe.

Não há como fazer eleições diretas respeitando a Constituição Federal; forçá-las teria enorme custo para a democracia.

Por outro lado, as eleições "Diretas-Já" não resolvem as demais questões institucionais, tais como a necessária alteração dos prazos para desincompatibilização [de cargos públicos e eletivos por parte de possíveis postulantes], eventuais candidaturas avulsas, aprovar a cláusula de barreira e a proibição de alianças entre partidos nas eleições proporcionais. Sem falar no debate sobre quem paga os custos da democracia.

Se o ímpeto de reforma política for grande, por que não envolver nela uma alteração do mandato presidencial para cinco anos sem reeleição? E, talvez, discutir a oportunidade de antecipar também as eleições congressuais. Assim se poderia criar um novo clima político no país.

Apelo, portanto, ao presidente para que medite sobre a oportunidade de um gesto dessa grandeza, com o qual ganhará a anuência da sociedade para conduzir a reforma política e presidir as novas eleições.
Quanto tempo se requer para aprovar uma proposta de emenda à Constituição e redefinir as regras político-partidárias? De seis a nove meses, quem sabe?

Abrir-se-ia assim uma vereda de esperança e ainda seria possível que a história reconhecesse os méritos do autor de uma proposta política de trégua nacional, sem conchavos, e se evitasse uma derrocada imerecida.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO foi presidente do Brasil (1995-2002) pelo PSDB.

Lula é o favorito para 2018 e a popularidade do PT cresce com ele

| _

Segundo todas as pesquisas, Lula lidera isolado nas intenções de voto para presidente. A mais recente, encomendada pelo Poder360, traz o petista em primeiro com 27% nos 2 cenários testados.

O desempenho, diz o site, é “estável, com ligeira tendência de alta – ele teve pontuações positivas em relação a estudos anteriores, mas sempre dentro da margem de erro”.

Em abril, Lula amealhou 24% e 25% da preferência do eleitorado, sendo que, em maio, o número era também 25%.

O Datafolha de domingo, 25, crava que o PT atingiu a maior popularidade desde a segunda posse de Dilma. É o partido preferido de 18% das pessoas ouvidas.

Voltou a crescer em maio, quando alcançou 15%, de acordo com o instituto. Em segundo lugar, empatados com 5%, estão o PSDB e o PMDB.

Fim da multa por esquecer habilitação é aprovada pela Câmara

| _
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou em caráter conclusivo o Projeto de Lei 8022/14, que impede a aplicação de multa e a retenção do veículo se o motorista não estiver com a carteira de habitação e o licenciamento anual, caso o agente de trânsito possa obter as informações contidas nos documentos por meio de consulta a banco de dados oficial.

De autoria da ex-deputada Sandra Rosado e da deputada Keiko Ota (PSB-SP), o projeto altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97).

A matéria segue para o Senado, a não ser que haja recurso para análise pelo Plenário da Câmara. Pela regra atual, quem dirigir sem portar o licenciamento e a carteira de motorista poderá ser multado e ter seu veículo retido até a apresentação dos documentos. A infração é considerada leve.

Um clássico da miséria humana

| _
O mais deprimente nos videos do ator Fabio Assunção em Arcoverde, no sertão de Pernambuco, não é a situação do ator e sim a atitude dos circunstantes.

As pessoas que o humilharam são as mesmas que assistem suas novelas, lêem fofocas sobre ele e, eventualmente, o endeusam. (Vídeo)

É um clássico da miséria humana. O famoso que cai na sarjeta. Na internet, o linchamento continua.

Fábio é um dependente químico. Já se internou algumas vezes. Está com 46 anos. Não tem condições de continuar nesse ritmo pesado por muito tempo.

Deixou um pedido de desculpas nas redes:

“Lamento muitíssimo o ocorrido em Arcoverde. Era uma noite de celebração. Tinhamos acabado de exibir nosso documentário filmado no sertão pernambucano no palco principal do festival de São João. Então fomos com a equipe confraternizar e a situação saiu do controle. Infelizmente aconteceu uma briga. Errei ao me exceder. Não fiz uso de nenhuma droga ilícita – o que será comprovado pelo exame toxicológico que eu mesmo pedi para ser feito. Serei responsável pelos danos causados. Agora estou bem. Agradeço pelas tantas manifestações de carinho e apoio que recebi. Peço a todos sinceras desculpas. Não é fácil, mas reconhecer meus erros e procurar sempre aprender com eles é o que eu desejo.”

Deputado paraibano deverá ser o 4º a assumir a cultura em um ano no governoTemer

25 de junho de 2017 | _
André Amaral (PMDB-PB)
Deve se sentar na cadeira de ministro da Cultura do Brasil, na próxima semana, o quarto personagem a ocupar o cargo no espaço de um ano. Na semana passada, pediu demissão o cineasta João Batista de Andrade (PPS), que estava ocupando o cargo após a demissão de Roberto Freire (PPS). Andrade saiu alegando que o MinC tinha se tornado inviável após o corte de 43% dos recursos, e também tinha se tornado território fértil de ingerências políticas (leia entrevista com o ex-ministro a seguir).

No início desta semana, a assessoria de imprensa do deputado federal paraibano André Amaral (PMDB), de 26 anos, preparava às pressas um texto com seu currículo para entregar à imprensa – Amaral dava como líquida e certa sua nomeação para o cargo ainda na sexta-feira dia 24.

Estudante de direito, Amaral chegou ao Congresso por uma série de acasos. Mal votado em seu estado (obteve pouco mais de 6 mil votos em 2014), ele era suplente em janeiro quando assumiu a vaga deixada por Manoel Júnior, que se elegeu vice-prefeito de João Pessoa.

Se estiver certo e o Ministério da Cultura cair no seu colo, cai também pelo mesmo motivo: acaso

Surge o General Etchegoyen, o “homem forte” de um presidente fraco

| _
Tudo o que o Brasil não precisa agora é que surja, num ambiente de governo fraco, uma sombra que sugira qualquer “solução militar” para a degradação do poder civil.

E, infelizmente, ela surgiu.

Nos jornais deste domingo, o personagem em ascensão é o general Sérgio Etchegoyen que, além da “rata” de identificar o chefe do posto da CIA  no Brasil, assumiu, segundo a imprensa, o controle da Polícia Federal.

Além do perfil que O Globo lhe faz hoje, chamando-o de “homem forte do Governo Temer”  é o personagem de Eliane Cantanhêde, no Estadão, no texto sobre “um outro personagem que cresce à direita”

Consta que Etchegoyen é quem avalia a troca ou não do diretor-geral da PF, Leandro Daiello. Ele nega. Consta que assumirá o Comando do Exército, caso seu amigo, o prestigiado general Eduardo Villas Boas, decida voltar para casa. Ele nega. Consta que pôs a Abin a bisbilhotar os telefones do ministro Edson Fachin. Ele nega. E consta que ele está cada vez mais poderoso. Ele nega veementemente. Mas… só o fato de ter de negar tantas coisas ao mesmo tempo já diz muito. 

No perfil que o jornal dos Marinho faz, um dos pontos interessantes é o de que Etchegoyen  “era chefe do Estado-Maior do Exército, indicado pelo Comandante do Exército, Eduardo Villas Bôas, para ser seu número dois”.

Espera-se que o general não siga o exemplo do presidente a que serve em matéria de lealdade.

Adote um cão!

24 de junho de 2017 | _

PF diz que gravação de Joesley e Temer não foi editada

| _
A Polícia Federal concluiu que a gravação da conversa entre Joesley Batista, 1 dos donos da JBS, e o presidente Michel Temer não foi editada. Vários veículos de comunicação publicaram a informação a respeito dessa conclusão da perícia da PF.

A análise do material foi finalizada nesta 6ª feira (23.jun.2017) pelo INC (Instituto Nacional de Criminalística. O resultado da perícia indica que foram encontradas 180 interrupções “naturais”, ou seja, quando o equipamento de gravação provoca algum tipo de interrupção na captação do áudio. Ainda não há divulgação oficial do estudo produzido pela PF.

Guamaré premia os melhores de 2016 no Esporte

23 de junho de 2017 | _
A noite desta quinta-feira, 22 de junho, pode se considerar memorável para a história de vida de dezenas de crianças, adolescentes e adultos que participam dos projetos Gol de Letra, Formando Campeões e Livro na Mão Bola no Pé e ainda para os atletas que se destacaram em campeonatos promovidos pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude no ano de 2016.

A Prefeitura de Guamaré homenageou os melhores do ano, reconhecendo a contribuição valorosa desses campeões para o desenvolvimento do esporte no município. A solenidade com a presença da Secretária de Esporte, Larissa Mayara e do prefeito Hélio Willamy aconteceu na Câmara Municipal.

“Essa homenagem é uma forma simbólica da prefeitura motivar os atletas que se dedicam ao esporte no seu dia a dia, sejam eles iniciantes ou aqueles atletas que já conquistaram títulos”, justificou o prefeito Hélio Willamy. O evento já está no calendário esportivo da cidade, desde 2014.

Vereador denuncia que prefeitura de Macau comete crime federal ao enganar o Ministério da Saúde

| _
Vereador Ítalo Mendonça - Foto: Joselito Braz
Essa vai para os paus mandatos e chupa ovos que tentam desqualificar as matérias do blog. Se desdobrem para desmentirem mais essa:

O Vereador Ítalo de Mendonça (PRB), usou a tribuna da Câmara Municipal de Macau ontem, quinta-feira (22), para fazer uma denuncia grave, diria gravíssima!

Na tribuna, o vereador acusa a prefeitura de está informando ao Ministério da Saúde uma MENTIRA. Segundo o vereador Ítalo Mendonça a prefeitura informa ao ministério que está prestando serviços e que tem funcionários em áreas que não estão funcionando em Macau. O objetivo exclusivo da prefeitura neste caso, é que a MENTIRA seja o meio dos cofres da viúva recebam o repasse do Governo Federal.

Isto é crime federal, um caso para polícia, receber os convênios sem executarem os serviços.

Com um rolo desses não nos admira que figurinhas carimbadas de Macau estejam defendendo o governo a unhas e dentes.

Ninguém se admirem se depois das denuncias, a prefeitura colocar a culpa em algum servidor pra livra a pele o gestor junto a população. Embora que para a justiça isso não signifique nada. Paga o gestor.

Fachin envia inquérito contra Temer à Procuradoria

| _
O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), tornou disponível nesta quinta-feira, 22, uma cópia digital dos autos do inquérito aberto contra o presidente Michel Temer para a Procuradoria-Geral da República o que, na prática, abre um prazo de cinco dias para que o órgão apresente a denúncia contra o peemedebista.

O ministro também pediu para que a Polícia Federal remeta, “tão logo ultimados”, o relatório final sobre o caso e a perícia feita da gravação da conversa entre Temer e o empresário Joesley Batista, do Grupo J&F. A PF havia pedido um prazo extra de cinco dias para concluir as investigações.

Para economizar tempo, Fachin determinou ainda que, assim que a PF enviar os documentos faltantes, o conteúdo deverá ser automaticamente remetido ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Como a PF já enviou o relatório parcial do inquérito em que aponta elementos sobre corrupção passiva, a PGR analisa fatiar a denúncia e enviar primeiro ao STF a parte relacionada ao suposto pagamento de propina a Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer.

Além de corrupção passiva, o inquérito contra o presidente também investiga os crimes de obstrução de Justiça e formação de organização criminosa.

A expectativa hoje é de que Temer teria força para barrar o processo no Legislativo.

Garis paralisam serviços em Macau decorrente da falta de pagamento de salários

22 de junho de 2017 | _
É fato que a população macauense não está nadica de nada satisfeita com a situação que se encontra as ruas da cidade de Macau. Os macauenses se queixam de lixo e da falta de iluminação nas ruas. O lixo é causa do número reduzido de garis. 

E sobre os garis...  se as ruas já estavam sujas, imagina agora com a greve que acontece nesta quinta-feira (22), dia da paralisação por reivindicar pagamento de salários. Isso mesmo! Os trabalhadores da Limpeza Pública Municipal não recebem seus vencimentos desde de maio passado.

Ônibus da prefeitura de Macau falta combustível e alunos ficam as margens da RN Macau/Assu

| _

Ônibus Escolar da Secretaria de Educação do Município de Macau, que transporta alunos para a cidade de Assu fica no prego por falta de combustível as margens da RN 404. No post de WhatsApp um dos alunos relata que a falta de combustível foi por falta de pagamento da prefeitura ao posto.

Semana passada, se viu uma ambulância nas mesmas condições, para na estrada de um dos distritos do município.

Policiais sofrem perseguição política em Macau e podem serem "rifados" pelo governo do RN

| _
Coragem é a característica mais importante para ajudar a acabar com a perseguição política sofrida por servidores públicos – seja qual for o motivo, em qual for a esfera, federal, estadual ou municipal. A perseguição  é, infelizmente, uma prática frequente nas repartições públicas, tão comum, desigual e desonesta, de forma não importar se o servidor esteja ou não na mesma esfera que o político.

Nos dias de hoje, ainda se usa esse método canalha e covarde do coronelismo fajuto, como forma do político mostrar aos demais que determinada prática não deve ser seguida, pois será punido. 

Em Macau policiais militares subordinados a secretaria de Segurança Pública do Estado, terão que comparecerem ao Comando Geral de Policia, onde provavelmente passem por constrangimentos e até mesmo sejam transferidos de suas cidades por opção política contrária ao prefeito que protagoniza tudo isto. 

Caso os dois policiais sejam transferidos de Macau, estes não serão os primeiros, a sofrem com as perseguições do governo Tulio Lemos. Na campanha de 2016, o prefeito através do governador Robinson Faria, já teria tirado de Macau o policial Paulista, pelo simples motivo de não votar no correligionário do governador.

É importante que na existência de alguma punição aos policiais devido suas opções políticas, que se faça uma denuncia na corregedoria da PM e no MP, pelo abuso.

Hoje há muitos canais para se denunciar a perseguição. Se for muito grave, pode ser feita diretamente no Ministério Público. Embora sempre tenha existido essas manobras entre comando das PM's e os governantes, não se pode deixar que tal atitude seja classificada como algo comum e mais uma rotina de trabalho.

Estamos de olho.

Revogação de mandato presidencial pela população avança no Senado

| _
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou, nesta quarta-feira 21, a inclusão na Constituição de dispositivo que permite a revogação do mandato do presidente da República pela população, o chamado recall.

Apresentada inicialmente em março de 2015, a PEC 21/2015, do senador Antonio Carlos Valadares (PSB/SE), foi aprovada na forma do substitutivo proposto pelo relator, senador Antonio Anastasia (PSDB-MG).

O texto segue a Plenário, para discussão e votação em dois turnos.

A proposta de revogação do mandato do presidente, que terá de ser apreciada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado, dependerá de assinaturas de não menos que 10% dos eleitores que compareceram ao último pleito, distribuídas em pelo menos 14 estados e não menos de 5% em cada um deles.

BC vê inflação menor em 2017 e 2018, mas deve reduzir corte nos juros

| _
Órgão revisou previsão para o IPCA de 4% para 3,8% ao fim do ano, porém citou 'incerteza elevada' sobre avanço das reformas e do ajuste fiscal

Estadão -- O Banco Central reduziu as projeções para a inflação deste e do próximo ano. Segundo o Relatório Trimestral de Inflação (RTI), divulgado nesta quinta-feira, 22, o cenário de mercado prevê IPCA de 3,8% em 2017. A mais recente ata do Comitê de Política Monetária citava previsão de alta de 4,0%. No relatório de inflação divulgado em março, o BC também esperava alta do índice oficial de inflação de 4,0% pelo cenário de mercado.

Para 2018, o cenário de mercado indica que o IPCA ficará em 4,5%, e não mais em 4,6% como constava na mais recente ata do Copom. No RTI de março, a projeção era justamente de 4,5%, ou seja, no centro da meta.

O cenário de mercado utiliza como parâmetros as previsões dos analistas, contidas no Relatório de Mercado Focus, para a taxa de câmbio e os juros no horizonte da previsão. O BC informou também, no RTI, que a projeção para o IPCA nos 12 meses encerrados no segundo trimestre de 2019 está em 4,3% no cenário de mercado. No relatório, o Banco Central ainda manteve a projeção para o PIB de 2017 em 0,5%. 

Secretário denuncia esquema de carteiras estudantis fraudadas em Natal

| _
Clodoaldo Trindade Cabral revelou que a STTU tem trabalhado para apurar utilização de documentos irregulares nos transportes públicos; Ministério Público e Polícia Federal devem ser acionados

As carteiras de estudantes, por natureza própria, trazem diversos benefícios aos seus portadores, sendo o principal deles o pagamento da meia entrada em cinemas, teatros e no transporte público. Legalmente para se ter uma carteira a pessoa deve ser estudante e este requisito não tem sido respeitado, muitos usuários natalenses tem usado carteiras falsas e aproveitando suas prerrogativas no que se torna, invariavelmente, em um verdadeiro esquema de fraudes. 

A denúncia foi feita pelo secretário-adjunto de Transportes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, Clodoaldo Trindade Cabral, durante audiência pública ocorrida na Câmara Municipal de Parnamirim.

De acordo com Clodoaldo, as carteirinhas falsas têm sido identificadas dentro dos próprios ônibus, quando os passageiros com os documentos irregulares tentam ludibriar o cobrador. Com a ajuda das instituições acadêmicas, a Semob tem podido confirmar a invalidade das carteiras estudantis confiscadas. “Várias instituições como Universidade Potiguar (UnP), Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e até escolas públicas estão identificando que essas carteiras apreendidas não são dos alunos destas instituições, e há muitas carteiras que já foram pegas por nós”.

Programação do Parque das Dunas no fim de semana

| _

No próximo sábado (24), às 16h30, Roy Jackson se apresenta no palco do Dançando nas Dunas com o “Tributo a Michael Jackson – O Legado Continua”. Roy iniciou seu trabalho como cover do astro em 1979, e teve o privilégio de tê-lo assistido ao vivo no Morumbi em 1993. Anos depois participou de um workshop com o coreógrafo e dançarino do Michael, Lavelle Smith Jr.

Chamado de “Rei do Pop”, o cantor e compositor Michael Jackson nasceu em Gary, Indiana, nos EUA, em 29 de agosto de 1958. Quando criança foi o cantor principal do Jackson 5, o grupo de sua família.

Na manhã do domingo (25), às 10h, a atração do Bosque Encena será com os palhaços Sula, Piruá e Fino, da Tropa Trupe! 

No período da tarde, às 16h30, o Som da Mata traz ao seu palco o grupo Qu4tro. A banda, composta por Zé Fontes (contrabaixo e violão), Ronaldo Freire (flauta e pife), Khrystal (violão e percussão) e Sami Tarik (percussão e violão), desenvolve uma linguagem baseada na vivência particular de cada integrante, todos com carreiras individuais distintas e ativas, a base para as versões que apresentam juntos.

Os eventos são gratuitos e a entrada no Parque das Dunas custa R$1,00. Aproveite!

Prioridade especial a maiores de 80 de anos vai à sanção

| _
O Plenário aprovou projeto de lei (PLC) 47/2015, que altera o Estatuto do Idoso (Lei 10.741/2003) para estabelecer prioridade às pessoas com mais de 80 anos. A proposta, que vai à sanção presidencial, permite preferência em atendimentos à saúde, processos judiciais e questões administrativas que envolvem idosos nessa faixa etária.

Prefeitura patrocina quatro atletas do taekwondo em competição no Paraná

| _

Em busca do sonho de participar de uma olimpíada, quatro jovens do Taekwondo de Guamaré, inscritos no projeto “Formando Campeões”, da Secretaria de Esportes, embarcam nesta quinta-feira, 22, para a cidade de Londrina, no Paraná. O quarteto campeão vai competir pela seleção Norte-Rio-Grandense em três, das quatro categorias no Campeonato Brasileiro Menores de Taekwondo. 

Os jovens atletas foram classificados durante a seletiva estadual no mês de maio passado e estarão enfrentando rivais de várias regiões do país nas categorias: Cadetes com a atleta Rannycleide Guardiano, Juvenil com as atletas Ana Beatriz e Isabelle Costa e no Sub21 com Anderson Melo. 

O evento nacional será realizado entre essa sexta-feira, 23 e o domingo, 25. A classificação dos atletas vale 20 pontos no ranking nacional e a competição também classifica automaticamente para o Bolsa Atleta 2018, como também para o Grand Slan 2018, evento responsável pela formação da Seleção Brasileira de Taekwondo para 2018.

Rafael Motta apresenta projeto que permite a consumidor rescindir contrato por meio de SMS ou da internet

21 de junho de 2017 | _

O deputado federal Rafael Motta (PSB) apresentou esta semana na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei nº 7649 de 2017, que tem o objetivo de facilitar a vida do consumidor na hora de rescindir um contrato de produto ou serviço. Isso porque, pelo projeto, o consumidor poderá utilizar para fazer essa rescisão o mesmo canal usado na contratação do item e não ficará mais restrito ao atendimento por telefone, por meio de operador de telemarketing.

“O nosso projeto tem por objetivo suprir essa lacuna, garantindo que o consumidor tenha a possibilidade de rescindir o contrato pelo mesmo meio utilizado na celebração do contrato. Assim, se o contrato foi realizado pela internet, o consumidor terá o direito de poder cancelar o contrato também pela internet, em condições similares. O mesmo ocorrerá com os demais meios, para que haja o equilíbrio nas relações entre fornecedor e consumidor”, explicou o deputado Rafael Motta.

Para isso, a matéria altera o art. 6º da Lei nº 8.078, de 11 de setembro de 1990, que dispõe sobre a proteção do consumidor, promove ao consumidor as mesmas condições para contratar e finalizar um serviço, uma vez que muitos serviços são contratados de forma automática, por meio de internet, SMS ou ligação telefônica.

Atualmente, muitos consumidores enfrentam inúmeras dificuldades, sendo obrigados a rescindir o contrato única e exclusivamente por canal de comunicação e em condições diferentes dos utilizados no ato da contratação, dependendo do auxílio de um operador de telemarketing, disponível em dias e horários restritos.

Em resposta a Gilmar Mendes, jurista compara ministro a Cunha

| _
Após ser atacado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, o jurista pernambucano Marcelo Neves, professor da Universidade de Brasília (UnB), um dos autores do pedido de impeachment contra o ministro, contra-atacou, nesta segunda-feira (19), comparando o ministro ao ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB), preso. 

“Gilmar Mendes está para o Judiciário como Eduardo Cunha está para o Legislativo”, ironizou.

Pesquisa: Lula é o mais nocivo da Lava Jato

| _
Do Blog Dário do Poder

Levantamento do Instituto Paraná Pesquisa no DF avaliou o impacto da Lava Jato nos enrolados na operação: 87,1% dos entrevistados avisaram que não votarão em candidato “que tem o nome envolvido em denúncias da operação”. Entre os enrolados, entrevistados classificam Lula como o “mais nocivo para o Brasil”, com 37%. Aécio é o segundo (14,5%), seguido por Eduardo Cunha (12,7%) e Sérgio Cabral (4,6%). A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A pesquisa aponta entre os empresários mais “nocivos” Marcelo Odebrecht (4,3%), Joesley Batista (4,1%) e Eike Batista (2,4%).

José Dirceu e Antonio Palocci, ex-ministros de Lula, são “os mais nocivos” dos enrolados para 2,4% e 1,3% dos entrevistados.

A pesquisa de opinião foi realizada em todo o Distrito Federal com 1.516 eleitores a partir dos 16 anos entre os dias 14 e 18 de junho.

O Paraná Pesquisa verificou que hoje 83,2% desaprovam o governo Temer. Há dez meses, em agosto, a desaprovação era de 50,3%.

Oposição vence no CAS mas governo deverá reverter placar na CCJ

| _
O governo perdeu nas Comissões de Assuntos Sociais no Senado, ontem, por um placar de 10 votos a 9, no projeto da reforma trabalhista. Uma derrota sem muito impacto para os governistas, pois a comissão terminativa é a CCJ – Comissão de Constituição e Justiça, onde o projeto deverá ser aprovado com tranquilidade pela ampla maioria governista. O projeto segue normalmente para a CCJ. De certa forma o placar surpreendeu a base e a própria oposição, que comemorou muito.

O projeto irá à CCJ, hoje, onde será apresentado o parecer do relator do tema nessa Comissão, Romero Jucá (PMDB-RR), e deverá ser concedida vista coletiva.

O líder do governo diz que o calendário combinado com a oposição será seguido à risca com votação da CCJ na manhã de hoje. Após a votação, o texto pode ir ao plenário para a última etapa antes da sanção presidencial.

Reforma trabalhista perde votação em comissão do Senado

| _
Depois de apelos do senador Paulo Paim (PT-RS), os integrantes da Comissão de Assuntos Sociais (CAS), numa reviravolta que surpreendeu os governistas, rejeitaram por 10 votos contrários e 9 favoráveis o relatório ao projeto da reforma trabalhista (PLC 38/2017). O parecer aprovado pela comissão, nesta terça-feira (20), foi o voto em separado do senador petista e que pede a rejeição integral do texto. A matéria agora segue para Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), e já na quarta-feira (21), deverá ser lido o relatório de Romero Jucá (PMDB-RR) e os prováveis votos em separado da oposição.

Com críticas ao projeto, Paulo Paim afirmou que o texto é uma “traição ao povo brasileiro”, pois o governo tenta “vender o céu” com uma proposta que não vai gerar emprego nem aumentar as contratações formais e só vai beneficiar o grande empregador.

Marcha para Jesus foge da polarização entre esquerda e direita

| _
Pesquisa mostra distância dos evangélicos da disputa ideológica e apoio a pautas sobre direitos da mulher e respeito aos LGBTs na escola

Ao menos dois milhões de evangélicos participaram, em São Paulo, da Marcha para Jesus na última quinta-feira 17. Celebrada em meio ao feriado religioso de Corpus Christi e convocada pela Igreja Renascer em Cristo, o evento foi alvo de uma pesquisa inédita sobre as opiniões e o perfil dos participantes feita por pesquisadores da USP e da Unifesp.

Ao todo, foram realizadas 484 entrevistas com participantes maiores de 16 anos durante toda a extensão da marcha, com margem de erro de 5%. Ainda que, de forma geral, o público da Marcha para Jesus expresse valores conservadores sobre temas como a maioridade penal, por exemplo, as respostas não foram muito diferentes das encontradas na população brasileira em geral.

Fachin tira de Moro investigações sobre Lula e Cunha relacionadas à Odebrecht

| _
O ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, aceitou recursos das defesas de Lula e de Eduardo Cunha (PMDB) e tirou do juiz Sérgio Moro quatro investigações relacionadas às delações premiadas dos executivos da construtora Odebrecht.

A pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, Fachin havia remetido os trechos das delações que mencionam Lula e Cunha para Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância.

Os advogados de Lula e Cunha recorreram a Fachin no Supremo argumentando que os quatro episódios citados pelos delatores da empreiteira envolvendo os dois não têm relação com as irregularidades cometidas na Petrobras.

‘Incólumes evidências’ contra Temer por corrupção, diz PF

| _

O relatório parcial enviado pela Polícia Federal ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta segunda-feira, 19, afirma que, pelos elementos reunidos no inquérito que tem como alvo o presidente Michel Temer, ‘são incólumes as evidências’ da prática de corrupção passiva por parte peemedebista e de seu ex-assessor especial Rodrigo da Rocha Loures.


No documento, a PF afirma que foi dada tanto a Rocha Loures quanto a Temer a oportunidade de “esclarecer diversos fatos”, mas o presidente optou por não responder às mais de 80 perguntas feitas pela instituição, além de ‘surpreendentemente’ pedir o arquivamento do inquérito.

"Estamos aqui para atender as ações pedagógicas ou para satisfazer o desejo da ação social". Priscila.

20 de junho de 2017 | _
Em Macau a ordem é atribuir qualquer trabalho a secretaria de Ação Social, e foi devido a este fato,que a professora Priscila esposa do presidente da câmara, Jairton Pintinho, saiu com essa em uma reunião da Secretaria de Educação

"Estamos aqui para atender as ações pedagógicas ou para satisfazer o desejo da ação social". Priscila.

Cheque de R$ 5 milhões da OAS passa na conta de campanha do vice Michel Temer

| _
A Globonews colocar no ar reportagem em que mostra dois cheques que foram destinados ao ex-deputado Henrique Eduardo Alves, depositados oficialmente em conta de campanha pela campanha do então vice-presidente Temer.

Os valores fazem parte dos depósitos da OAS e da JBS na conta de campanha de Michel Temer, em valores de R$ 5 milhões, dos quais destes R$ 500 mil, foram depositados na conta de campanha de Henrique.

Cheques das duas empreiteiras somados, doaram R$ 11 milhões, entre os R$ 20 milhões arrecadados, no total, pelo então candidato a vice-presidente.

A doação, direta, a Temer, desmente o discurso de que o presidente sempre considerou Joesley um “notório bandido”.

Liminar em Habeas Corpus de Kerginaldo é indeferido, mas ele já goza de liberdade desde dezembro

19 de junho de 2017 | _
A notícia de que o ex-prefeito de Macau, Kerginaldo Pinto do Nascimento havia perdido mais uma na justiça, não se trata de matéria velha, mas de decisão vencida. É que no Brasil é assim, decisões judiciais têm acontecido quando réus tem morrido por exemplo, no caso do ex-prefeito a ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), julgou e negou um Habeas Corpus impetrado pela defesa de Kerginaldo ainda quando estava detido.

Na decisão a ministra recusa o pedido da defesa do ex-prefeito que pedia a liberdade do cliente, já em liberdade desde de dezembro passado.

O ex-prefeito cumpri medidas cautelares que o proíbem de ter contatos com réus do mesmo processo, e de frequentar a prefeitura por exemplo. Hoje, Kerginaldo seria detido novamente se descumprir a ordem judicial. 

Nada mais.

Comissão de Transportes dispensa farol aceso durante o dia em rodovias urbanas

| _
Texto aprovado exige o uso de farol baixo durante o dia em túneis e sob chuva, neblina e cerração

A Comissão de Viação e Transportes aprovou proposta que exclui as rodovias integradas a áreas urbanas da exigência do uso de faróis durante o dia.
Leonardo Prado(PSB) Câmara dos Deputados

Hugo Leal; "Muitos veículos já estão sendo fabricados com luzes integradas"
A Lei 13.290/16 alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB, Lei 9.503/97) para tornar obrigatório o uso de farol aceso em rodovias durante o dia. Além disso, os faróis devem ser mantidos acesos ao atravessar túneis providos de iluminação pública.

Luz de rodagem
A proposta aprovada também exige que as luzes de rodagem diurna se tornem equipamentos obrigatórios nos novos veículos a partir do quarto ano de vigência da lei, se aprovada, na forma e no prazo a serem estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Essas luzes equivalerão ao uso dos faróis quando em trânsito nas estradas e rodovias.

Segundo Leal, esses faróis de rodagem diurna (daytime running light – DRL) são acionados automaticamente quando o veículo é ligado. “Assim os condutores não têm como esquecer de ligá-los.”

O texto aumenta ainda a penalidade para quem trafegar com os faróis desligados durante a noite, para diferenciar da nova exigência de uso dos faróis durante o dia. A infração passa a ser considerada grave. Hoje, é média.

O texto aprovado é um substitutivo do deputado Hugo Leal (PSB-RJ) ao Projeto de Lei 6871/17, do deputado Marcelo Álvaro Antônio (PR-MG). O projeto inicial só exclui a exigência dos faróis no perímetro urbano de rodovias e em rodovias duplicadas. 

Leal retirou a exigência em vias duplicadas porque, segundo ele, poderia haver dificuldades na verificação das rodovias que têm ou não essa característica.

Túneis e chuva
Leal fez outras modificações ao texto. A primeira obriga o uso de farol baixo durante o dia em túneis de uma forma geral, e não apenas naqueles iluminados, como hoje a lei prevê.

O substitutivo também exige os faróis baixos sob chuva, neblina e cerração. Hoje, nessas situações, exige-se apenas o acionamento das luzes de posição, também conhecidas como farolete. “É uma incongruência exigir o uso de faróis em rodovias, mas apenas luzes de posição sob circunstâncias mais perigosas, como no caso da chuva”, afirmou Leal.

Pelo texto, os sistemas de iluminação dos veículos devem acionar os faroletes antes de ligar a luz baixa.

Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Porta da Câmara

Comissionados da prefeitura de Macau podem está devolvendo parte do salário

| _
Escândalo! Durante participação no Programa Macau em Notícia, 94 FM, o polícia e blogueiro Leandro Sousa jogou no asfalto a informação de que na prefeitura de Macau, há cargos comissionados de faixada - servem apenas pra devolver parte do salário. Isto é muito grave o que narrou o blogueiro sobre a administração Tulio Lemos.

Leandro Sousa não parou por ai. Segundo o blogueiro, em Macau a distribuição do leite - programa do Governo do RN - existe a ordem de apenas distribuir com eleitores do governo e mesmo sobrando de forma nenhuma dar para pessoas de fora do "celeiro".

As denuncias feitas por Sousa são gravíssimas e merecem a atenção do Ministério público e da Câmara Municipal.